Intercâmbio: o que você precisa saber.

A parte mais difícil de conseguir fazer um intercâmbio é a questão financeira. Quando essa parte está resolvida, as outras acabam vindo com mais facilidade, como encontrar uma agência de intercâmbio legal, que te ofereça uma estrutura adequada, as acomodações, os destinos e etc.

Porém, nem sempre tudo acaba bem. Você deve analisar cada passo com cautela, pois aquilo que parecia ser excelente e de acordo com o que você queria, pode virar um verdadeiro pesadelo.

Como não se decepcionar com as agências de intercâmbios

Não é muito difícil de encontrar agências de intercâmbio do Brasil mal intencionadas. Entre elas, estão algumas que cometem golpes absurdos. Um desses golpes é prometer além do transporte, acomodações e a instituição de ensino que vai brigar os alunos e quando esses alunos chegam ao destino não tem nada disso. Já houve casos de alunos que chegaram a ficar presos nos países sem dinheiro para voltar. Há casos ainda mais extremos como tráfico de pessoas para fins inimagináveis.

Para evitar cair nesses golpes, é necessário tomar conhecimento sobre a agência de intercâmbio que você está interessado. O melhor é que caso você não conheça ninguém, você procure por pessoas que possam te indicar uma boa agência do jeito que você quiser. Hoje em dia existe uma gama de sites que avaliam diversos estabelecimentos, incluindo agências de intercâmbios. Isso sem falar na oportunidade de conseguir um intercâmbio gratuito.

 

Como não cair em golpes durante a viagem de intercâmbio

Depois que você achar uma agência de confiança e conseguir o seu tão sonhado intercâmbio, chega a parte de se virar em um novo país. Independente do seu nível de independência e autoconfiança é necessário estar atento a possíveis pequenos golpes que você possa levar sem nem ao menos perceber durante sua viagem.

É importante prestar atenção e seguir as dicas que a sua agência de intercâmbio te deu. Não saia por aí inventando o que fazer. Isso não significa que você não deva explorar o lugar, pelo contrário, mas se lembre o tempo todo que você é um “estranho” ali. Você não conhece os costumes e muito menos todas as pessoas com quem você vai se encontrar. Fique sempre em alerta.

Como aproveitar ao máximo cada momento do seu intercâmbio

Para que tudo ocorra de forma tranquila e prazerosa é importante ter em mente que você está ali não somente pelo interesse estudantil ou profissional. Tudo o que você vier a ver ou presenciar faz parte de uma nova cultura. Cultura essa que você vai levar pra sempre com você.

Procure por blogs, notícias e entrevistas de pessoas que já fizeram intercâmbios, veja os erros que essas pessoas cometeram para que você não venha a fazer o mesmo. Você não precisa errar para aprender, aprenda com os outros.

Extraia tudo o que você puder extrair de bom do seu intercâmbio, tire quantas fotos couberem na sua máquina e se possível faça até mesmo um diário de viagem.

Fazer um intercâmbio não é difícil.

Você consegue se imaginar daqui a um ano cheio de recordações para guardar momentos e incríveis para compartilhar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>